Santos terá Ganso e Léo para a finalíssima da Libertadores

Ganso: recuperado fisicamente (Foto: Ag. Estado)
Ganso: recuperado fisicamente (Foto: Ag. Estado)

No último treino antes da final da Taça Libertadores, marcada para as 21h50m desta quarta-feira, no Pacaembu, contra o Peñarol, chamou a atenção uma reunião promovida pelo técnico Muricy Ramalho no campo do CT Rei Pelé. Entre 12 jogadores de linha, ele orientava o time para jogadas de bola parada. Na coletiva de imprensa, pouco depois da atividade, Muricy comentou sobre o assunto. E evitou “cravar” as escalações de Ganso e Léo no time.

– O Ganso está treinando bem, não sente nada quando mexe com bola, que era o que mais nos preocupava. Pode faltar ritmo de jogo e condição física ideal, mas se nada acontecer até amanhã, deve jogar – afirmou o treinador santista, lembrando que o meia ficou mais de um mês e meio fora do time por conta de um problema na coxa direita.

A atividade especial, antes do rachão, levou cerca de 15 minutos. No treino, a jogada mais ensaiada era a de bolas alçadas contra a defesa santista. Na reunião no gramado, além de Léo – recuperado de um problema no tornozelo esquerdo – e Ganso, que devem voltar ao time, Muricy chamou Alex Sandro e Pará. Caso os dois primeiros não possam atuar, seus suplentes estarão preparados para a disputa, explicou o treinador.

– Queria posicionar a bola parada. Eu não sei trocar os jogadores sem treiná-los. Por isso chamei o Alex Sandro e o Pará para o trabalho de posicionamento. Se os outros dois não jogarem, eles já sabem o posicionamento.

Precisando vencer para ficar com o tricampeonato da Libertadores, o Santos deve jogar com o que tem de melhor à disposição. Com um problema na coxa direita, Jonathan é o único que segue fora da equipe. Edu Dracena, suspenso no 0 a 0 no Centenário, retorna ao time. Assim, o Peixe deve entrar em campo com: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Elano e Ganso; Neymar e Zé Eduardo.

Muricy reuniu 12 jogadores de linha no meio-de-campo (Foto: Marcos Ribolli/ GLOBOESPORTE.COM)
Muricy reuniu 12 jogadores de linha no meio-de-campo (Foto: Marcos Ribolli/ GLOBOESPORTE.COM)