Morre ex-primeira dama de Pão de Açúcar

Faleceu aos 89 anos na tarde desta segunda-feira (20) a senhora Dileuza Marques dos Anjos, muito conhecida por Dona Dileuza. Ela foi internada desde o início deste mês no Hospital Artur Ramos em Maceió depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Dona Dileuza era viúva do ex-prefeito Ronalço Viera dos Anjos, que administrou o Município de Pão de Açúcar no período de 02 de fevereiro de 1961 a 30 de janeiro de 1966. Na época em que foi a primeira dama de Pão de Açúcar ela realizou trabalhos filantrópicos junto às famílias necessitadas.

Seguidora do catolicismo, a ex-primeira dama era dedicada ao Movimento Folcolare. De família tradicional, era irmã do ex-líder político de Santana do Ipanema, Adeildo Nepomuceno Marques, e concunhada do ex-deputado e ex-líder político do Sertão de Alagoas, Elísio Maia.

A morte da Senhora Dileuza teve grande repercussão na cidade em virtude de suas grandes qualidades. Elegante, ética, comedida e pacata, a ex-primeira dama deixa uma lacuna impreenchível no seio da sociedade pão-de-açucarense.

Ela deixa dois filhos: o promotor de Justiça de Arapiraca Paulo Roberto Marques dos Anjos e o engenheiro civil Carlos Marques dos Anjos.

Hoje pela manhã foi celebrada uma missa de corpo presente, na Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus, pelo monsenhor Petrúcio Bezerra de Oliveira.

SEPULTAMENTO

O sepultamento aconteceu nesta terça-feira (21), às 15:00 horas, no Cemitério São Francisco de Assis, na cidade de Pão de Açúcar, onde residia.

Parentes, amigos e populares compareceram para dar o último adeus a ex-primeira dama. O padre Sandoval, pároco auxiliar de Pão de Açúcar, acompanhou o enterro rezando ao lado de fiéis católicos pela alma de D. Dileuza. O sepultamento se deu sob um clima de muita emoção e choro.