Deputado parabeniza sucesso do Forrogaço em Piranhas

Deputado Dudu Holanda (Foto: Divulgação)
Deputado Dudu Holanda (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Dudu Hollanda (PMN), durante sessão plenária realizada na tarde desta terça-feira (07) na Assembleia Legislativa de Alagoas, utilizou a tribuna para parabenizar a organização do Forrogaço, tradicional festa do município de Piranhas – distante 280 quilômetros de Maceió. Dudu afirmou ter se encantado com o que viu, comparando a estrutura do evento que abre os festejos juninos em Alagoas àquela observada em outras regiões do Nordeste, como Campina Grande-PB e Caruaru-PE – cidades conhecidas pela forte tradição junina.

 

“Recebi o convite da minha afilhada e prefeita de Piranhas, Mellina Freitas, e não pensei duas vezes. Arrumei a mala e viajei para o Sertão alagoano, onde, com o apelo feito pelo desembargador Washington Luiz, recebeu o devido reforço policial, garantindo segurança ao evento”, comentou o Dudu, destacando a receptividade da família Damasceno Freitas, cujo representante na Assembleia Legislativa é o deputado Inácio Loiola (PSDB).

 

“Fui muito bem recebido pela ex-deputada estadual Cáthia Lisboa Freitas, bem como pelo ex-prefeito de Olho D’água do Casado, Wellington Damasceno Freitas, o Xêpa”, reforçou Dudu Hollanda, lembrando ter desmarcado viagem que faria ao município de Petrolina, no interior pernambucano, onde disputaria mais uma etapa do Circuito Pernambucano de Vaquejada, representando o estado de Alagoas.

 

“Mas o desembargador Washington Luiz me convidou para participar, na última sexta-feira, convidou-me para três inaugurações em Piranhas. No mesmo dia, participei de solenidade em que foram homenageandos os senadores Benedito de Lira e Renan Calheiros. Foi um momento histórico, já que eles receberam a comenda Cacilda Damasceno Freitas”, explicou o deputado, lembrando que o ex-presidente da República e Senador Fernando Collor também já recebera a honraria.

 

Dudu afirmou também ter recordado a época em que conheceu a homenageada, matriarca da família Freitas, ‘quando meu pai, o ex-deputado Antônio Hollanda, era secretário estadual de saúde’. “Acompanhei meu pai àquela cidade quando o Governo do Estado lá inaugurou um hospital, denominado Arnon Afonso de Farias Mello.

 

Ainda a discursar da tribuna da Assembleia, o deputado também destacou a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), desembargador Orlando Manso, além de inúmeros prefeitos e vereadores da região sertaneja. “Foi uma festa que marcou a minha vida. Hoje tenho um carinho muito grande por toda a família Freitas, assim como por seu povo, feliz por ter uma cidade linda, limpa e tombada como patrimônio histórico”, afirmou Dudu Hollanda, destacando ainda que o município já é o quarto em visitação por turistas em Alagoas.

 

Potencial turístico

 

“E a perspectiva é a de que Piranhas cresça ainda mais no ranking, já que pode ser ainda mais explorada, a exemplo dos canyons que cortam do São Francisco, que banha a cidade”, pontuou o deputado, garantindo que também trabalhará para contribuir com o desenvolvimento de Piranhas e de todo o Sertão alagoano.

 

Na mesma sessão, em aparte, o deputado Inácio Loiola, natural de Piranhas, disse receber as palavras elogiosas com muita satisfação. “Fico muito feliz e emocionado”, afirmou Loiola, agradecendo a presença do colega deputado à festa realizada no último fim de semana.

 

Na oportunidade, Dudu também parabenizou o Governo do Estado ao lembrar a recuperação de toda a malha viária que compreende a AL-220, ligando as regiões do Agreste e Sertão. “Também verifiquei que o asfalto está novo entre Piranhas e Delmiro Gouveia”, comentou o deputado, destacando ainda que o governo também recupera outras duas rodovias na região: as ALs 145 e 130.

 

Braskem

 

Ainda na sessão desta terça, o deputado Dudu Hollanda, quando a discussão se voltou para o polêmica em torno da Braskem, lembrou ter se pronunciado na última quinta-feira (1º) acerca dos acidentes que afetaram mais de 100 moradores do Pontal da Barra, em Maceió, onde se instalou a fábrica há cerca de quatro décadas. Ele voltou a dizer que se manterá firme na defesa da transferência da cloroquímica, de Maceió para o pólo de Marechal Deodoro, ‘que dispõe de total estrutura para recebê-la’.

 

“O Ministério Público já anunciou que irá apurar a questão dos acidentes, enquanto que a Câmara de Maceió já constituiu uma Comissão Especial para também se debruçar sobre o problema. Propus que ouvíssemos os diretores da Braskem, assim como seu sindicato. Logo após a sessão da última quinta, tentei contato com o deputado Luiz Dantas, presidente da Comissão de Fiscalização e Controle, a fim de que pudéssemos dar seguimento a esta proposta”, comentou o deputado, reforçando que os prejuízos já são maiores que os malefícios à população maceioense com a permanência da fábrica na capital.

 

“Quando vereador por quizne anos em Maceió, pude acompanhar diversos acidentes, ainda na antiga Salgema.  A Braskem gera quatroscentos empregos, quando eu achava que possuía mais funcionários. Também imaginava que gerasse mais tributos para a nossa cidade. Posso até ser vencido nesta Casa, mas enquanto eu estiver deputado, serei um incansável defensor de sua transferência nesses quatro anos de mandato”, concluiu.