Profissionais da educação indígena se reúnem nesta sexta feira no povo jiripankó

O encontro tem como finalidade discutir e encaminhar propostas para os órgãos responsáveis sobre a situação dos profissionais indígenas alagoanos. Será realizado na Aldeia Ouricuri do povo jiripankó, a partir das 08:00h.

 Está na pauta do encontro: processo seletivo de merendeiras, vigias e serviçais, concurso público para os professores indígenas, efetivação dos profissionais que estão na ativa, além da situação do Curso de Licenciatura Indígena, hoje programa do governo federal em parceria com a Uneal, que está paralisado há um ano. Foram convidados para compor o encontro além dos povos indígenas, a acessória do CIMI e representantes da APOINME E UNEAL.