Homem armado invade casa de agricultor e é morto a facadas

Cidade de Mata Grande (Foto: Arquivo)
Cidade de Mata Grande (Foto: Arquivo)

Na noite ontem, domingo (17), por volta das 22 h Edivan Oliveira da Silva, 34, conhecido por Lula foi morto com golpes de faca peixeira e disparos de arma de fogo no Sítio Vale do Surubim em Mata Grande. O acusado do crime é um senhor identificado por Pedro do Risco de aproximadamente 60 anos.

 

Segundo informações de moradores da localidade Lula estava armado e teria invadido a residência do senhor para agredi-lo, mas foi surpreendido quando o mesmo apagou as luzes da casa, o golpeou com várias facadas e depois tomou a arma e disparou contra o invasor que morreu no local.

 

De acordo com familiares da vítima, após o crime, Pedro do Risco teria evadido do local utilizando uma motocicleta, mas foi perseguido por parentes de Lula. Ainda segundo as informações, durante a perseguição, o acusado deflagrou alguns tiros nos perseguidores e acabou atingindo um deles que foi socorrido em estado grave de saúde.

 

Até o momento o corpo de Lula ainda não tinha sido removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

 

Moradores da região vivem um clima tenso e denunciam que parentes de Lula estão fortemente armados e bloqueando algumas estradas com galhos de árvores.

 

O Sargento Otacílio do 9º Batalhão da Polícia Militar de Delmiro Gouveia informou que o caso está sendo investigado pela delegacia de polícia de Mata Grande.