Foto tirada por drone evidencia o risco de uma “tragédia anunciada” em caso de rompimento de barragem em Canapi.

Prefeitura chegou a emitiu um alerta para que moradores próximo ao paredão da barragem deixassem suas moradia, mas com a paralisação das chuvas optou por fazer o monitoramento da área e a identificação das famílias em situação de risco.

Uma “tragédia anunciada” é assim que centenas de moradores da cidade de Canapi no alto sertão de Alagoas sempre alertaram para o risco de rompimento de uma barragem na entrada da cidade com saída para o Distrito de Negras em Itaíba/PE. Não por menos, devido ao elevado nível de chuvas na região a barragem já começou a “sangrar” e não suportaria uma nova tempestade como ocorrida na última terça-feira (21) ou mesmo o elevado nível de chuva dos últimos dois dias. 

A Prefeitura, através da Defesa Civil Municipal chegou a emitir um alerta para que moradores próximos ao paredão da barragem deixassem suas moradias, mas com a paralisação das chuvas, optou por fazer o monitoramento da área e a identificação das famílias em situação de risco, conforme relatou em vídeo da assessoria de comunicação da prefeitura, a Secretária Municipal de Assistência Social que esteve no local de risco.

Já a Secretaria de Obras do município enviou uma retroescavadeira para fazer a  desobstrução do bueiro que serve como sangrador da barragem. 

Todavia, o problema maior, é que várias moradias foram construídas de forma irregular no curso do sangrador da barragem. A Prefeitura aguarda ainda, a avaliação da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros sobre a possibilidade ou não de risco de rompimento do paredão da barragem, já que para a maioria dos moradores da área, não seria possível devido a estrutura forte conforme foi construída.