Após roubo de duodécimo, Câmara de Batalha não sabe como pagar servidores

Pouco mais de uma semana após o roubo de parte do dinheiro do duodécimo na Câmara de Vereadores de Batalha, ainda não há previsão para o pagamento de salários de servidores e prestadores de serviços do Legislativo, como também a quitação de contas de aluguel, luz, e de outros fornecedores. O salário dos nove parlamentares, entretanto, já foi pago.