Professores lotam a Câmara de Vereadores pelo reajuste de 33,24% do Piso Salarial Nacional e apreciação do Plano de Cargos e Carreira da Educação.

Vereadores se colocaram ao lado dos servidores se comprometendo a só votar os dois projetos de lei em tramitação na casa quando houver o entendimento entre Governo e Sindicato após a criação de uma comissão que mediada pelo Legislativo irá discutir o Novo PCCR e o percentual de reajuste dos professores.

Com apoio total do Sindicato da categoria representado pela Presidente Jane Cleide Carvalho de Jesus e Diretoria Executiva, Professores e demais servidores públicos da educação do município de Mata Grande lotaram a Câmara Municipal de Vereadores de Mata Grande na manhã desta terça-feira (22) pelo reajuste de 33,24% do Piso Salarial Nacional e apreciação do Plano de Carreira da Educação. 

Contrários ao reajuste de 14% anunciado pelo Prefeito Erivaldo Mandú durante a Jornada Pedagógica, tendo em vista uma defasagem salarial no Plano de Cargos e Carreira do município que chega a 48% para com o novo piso salarial nacional, de acordo com o estudo técnico elaborado pelo renomado Professor Milton Canuto que foi contratado pelo SSPMMG – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mata Grande. 

Com apoio total do Sindicato da categoria representado pela Presidente Jane Cleide Carvalho de Jesus e Diretoria Executiva, Professores e demais servidores públicos da educação do município de Mata Grande lotaram a Câmara Municipal de Vereadores de Mata Grande na manhã desta terça-feira (22) pelo reajuste de 33,24% do Piso Salarial Nacional e apreciação do Plano de Carreira da Educação. 

Contrários ao reajuste de 14% anunciado pelo Prefeito Erivaldo Mandú durante a Jornada Pedagógica, tendo em vista uma defasagem salarial no Plano de Cargos e Carreira do município que chega a 48% para com o novo piso salarial nacional, de acordo com o estudo técnico elaborado pelo renomado Professor Milton Canuto que foi contratado pelo SSPMMG – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mata Grande. Ouvido os representantes dos servidores, o Presidente da Câmara Vereador Rodolfo Izidoro, o qual façamos justiça, sempre abriu as portas da Câmara para ouvir e mediar as reivindicações dos servidores, atendeu a sugestão da CUT\AL e da FETAM\AL para não votar os Projetos de Lei em tramitação na casa, enquanto não houver o entendimento entre Governo e Sindicato com a criação de uma comissão que mediada pelo Legislativo irá discutir o Novo PCCR e o percentual de reajuste dos professores, o que deve acontecer nas próximas duas semanas segundo o presidente Rodolfo Izidoro, com a concordância e apoio dos demais vereadores governistas e de oposição presentes.

Fonte: Central do Sertão